PARAÍBA | EDUCAÇÃO

Secretaria investiga má conduta de professores, furtos e falhas em licitação em escolas




Reprodução

Uma ampla investigação foi iniciada pela Secretaria de Educação da Paraíba para apurar uma série de denúncias sobre irregularidades cometidas em escolas da rede estadual de ensino. Os casos vão desde problemas de licitação no fornecimento de merenda para as escolas, passando por brigas, condutas inapropriadas de professores e servidores, abandono de cargo e furto de equipamentos de cozinha e de informática.

As aberturas dos processos estão publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (16). Ao todo, são 14 portarias, cada uma abrindo um Processo Administrativo Disciplinar diferente, mas todos serão realizados pela Comissão Permanente de Inquérito (CPI) da pasta da Educação.

Toda a investigação, portanto, vai ser realizada pelos servidores Cláudio Roberto Tolêdo de Santana, Keyciane Pereira Melo Santos e Ana Renalle Dias Cabral, conforme indicações contidas nas respectivas portarias.

As irregularidades se referem a municípios de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Mamanguape, Congo, Massaranduba, Cabedelo, Bayeux e Nova Olinda.

Os casos mais emblemáticos são as suspeitas de irregularidades no processo de licitação para fornecimento de frango e bolos da merenda de várias escolas, que acabou vencida pela Cooperativa de Empreendedores Rurais da Paraíba. Destaque também para os casos de furtos, registrados em Massaranduba e em Bayeux.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação, as investigações não têm relações entre si e são frutos de denúncias realizadas por diferentes autores, tais como gestores, professores, gerentes regionais, ouvidoria, Ministério Público da Paraíba e público em geral.

Agora, ainda de acordo com a assessoria, os processos investigatórios seguirão seus cursos, passando por instrução, investigação, apuração e conclusão.

Por se tratar de denúncias cuja veracidade ainda vão ser investigadas, a Secretaria de Educação informou que não comentará os casos, pois não há informações adicionais a serem repassadas.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






PARAÍBA  |  23/02/2020 - 13h


PARAÍBA  |  22/02/2020 - 18h