REGIONAIS | NA PB

Números da AESA mostram boas chuvas nesse início de ano




Fábio Barbosa/COFEMAC

Pelos números publicados até a manhã desse domingo (12/jan) pela AESA (Agência Executiva de Gestão das Águas) da Paraíba, o inverno começou bem em diversas regiões do estado.

Nesses primeiros dias do ano foram registradas chuvas significativas, principalmente em municípios do interior do estado. Sete cidades das regiões de Cajazeiras e Sousa já acumulam total de chuvas acima de 100 milímetros. Cajazeiras tem os maiores índices, acumulando um total de 209,4 mm.

 

Uiraúna



Por aqui os números da AESA mostram apenas uma chuva ocorrida no dia 1º de janeiro. Porém, conforme informação repassada pela Empar local, ocorreu outra chuva de 88,5 milímetros no dia 9. Fazendo assim um total de 158,5 mm.

Outros municípios da região também tiveram boas chuvas nesses primeiros dias de 2020; entre eles, Santa Helena, Marizópolis, Aparecida, São João do Rio do Peixe e Poço Dantas.
 


Barragem Capivara



Mesmo com todas essas boas notícias, a situação da barragem Capivara, em Uiraúna, continua crítica e não teve recarga até agora. O manancial que abastece cerca de dez cidades encontra-se com menos de 1% do volume total. Os consumidores que recebem água da barragem reclamam da qualidade. A cor do líquido é escura e em alguns casos tem cheiro ruim.

A Cagepa tenta manter o bombeamento funcionando, porém dentro de poucos dias já não mais haverá condições para isso. O risco da população ficar sem água está cada vez maior. Nessa perspectiva não há como saber de onde será trazida água para abastecer toda cidade Uiraúna, sem falar nas demais.
 

CIDADES QUE ACUMULAM ACIMA DE 100 MM (SEGUNDO A AESA)
 
  • Cajazeiras // 209,4 mm
  • Santo André // 199,5 mm
  • Mãe D`Água // 194,6 mm
  • São João do Cariri // 185,9 mm
  • Juazeirinho // 179,6 mm
  • Cajazeiras - Lagoa do Arroz // 169,3 mm
  • Juru // 162 mm
  • Parari // 152,6 mm
  • Santa Helena // 144,2 mm
  • Marizópolis // 137,3 mm
  • Gurjão // 135,3 mm
  • Emas // 128,2 mm
  • Teixeira // 125,8 mm
  • Carrapateira // 122 mm
  • Ibiara // 120,9 mm
  • Lagoa // 112,3 mm
  • Aparecida // 106 mm
  • Santa Luzia // 103,2 mm
  • Igaracy // 102,8 mm
  • São João do Rio do Peixe // 102,8 mm
  • Vista Serrana // 102,6 mm
  • Aguiar // 102,5 mm
  • Cajazeirinhas // 102,1 mm
  • Poço Dantas // 102,1 mm
  • São Mamede // 101,1 mm
 
CHUVAS CAÍDAS NO ESTADO (SEGUNDO A AESA)

Município / Quantidade em milímetros
  • Agua Branca / 51,6 mm
  • Aguiar / 102,5 mm
  • Alagoa Grande / 3,4 mm
  • Alagoa Nova / 6 mm
  • Alagoinha / 7,5 mm
  • Algodão de Jandaíra / 13,7 mm
  • Alhandra / 12 mm
  • Aparecida / 106 mm
  • Arara / 1,1 mm
  • Araçagi / 3,1 mm
  • Areia / 9 mm
  • Assunção / 86,4 mm
  • Bananeiras / 14,1 mm
  • Baraúna / 32,5 mm
  • Barra de Santa Rosa / 82,4 mm
  • Belém do Brejo do Cruz / 62,7 mm
  • Bernardino Batista / 27,3 mm
  • Boa Ventura / 34,2 mm
  • Boa Vista / 12 mm
  • Bom Jesus / 70,4 mm
  • Bom Sucesso / 66 mm
  • Bonito de Santa Fé / 37 mm
  • Boqueirão/Açude Boqueirão / 0,3 mm
  • Borborema / 13,5 mm
  • Brejo do Cruz / 42,9 mm
  • Cabaceiras / 2,5 mm
  • Cachoeira dos Índios / 37,9 mm
  • Cacimba de Dentro / 29 mm
  • Cacimbas / 87 mm
  • Caiçara / 27,7 mm
  • Cajazeiras / 209,4 mm
  • Cajazeiras/Açude Engenheiro Ávidos / 59,5 mm
  • Cajazeiras/Açude Lagoa do Arroz / 169,3 mm
  • Cajazeirinhas / 102,1 mm
  • Caldas Brandão / 1,4 mm
  • Camalaú / 11,1 mm
  • Campina Grande/EMBRAPA / 0 mm
  • Campina Grande/São José da Mata / 3,9 mm
  • Campo de Santana/Tacima / 58 mm
  • Capim / 10 mm
  • Carrapateira / 122 mm
  • Catolé do Rocha / 41,9 mm
  • Catolé do Rocha/Escola Técnica / 72,1 mm
  • Caturité / 0 mm
  • Conceição / 55,4 mm
  • Condado / 59 mm
  • Congo / 9,5 mm
  • Coremas/Açude Coremas / 81 mm
  • Coxixola / 81,2 mm
  • Cruz do Espírito Santo / 1,1 mm
  • Cubati / 50,5 mm
  • Cuitegi / 14,3 mm
  • Curral de Cima / 21 mm
  • Curral Velho / 22,6 mm
  • Desterro / 75,2 mm
  • Diamante / 51,8 mm
  • Duas Estradas / 29 mm
  • Emas / 128,2 mm
  • Esperança / 2,1 mm
  • Guarabira / 4,9 mm
  • Gurjão / 135,3 mm
  • Ibiara / 120,9 mm
  • Igaracy / 102,8 mm
  • Imaculada / 32,6 mm
  • Ingá / 8,2 mm
  • Itaporanga / 24,5 mm
  • Itapororoca / 14,9 mm
  • Jacaraú / 25 mm
  • Jericó / 63,5 mm
  • Joca Claudino / 58,5 mm
  • João Pessoa/DFAARA / 0 mm
  • João Pessoa/Mares / 2,8 mm
  • Juazeirinho / 179,6 mm
  • Junco do Seridó / 15,7 mm
  • Juripiranga / 0 mm
  • Juru / 162 mm
  • Lagoa / 112,3 mm
  • Lagoa Seca / 15,5 mm
  • Livramento / 77 mm
  • Logradouro / 27,8 mm
  • Lucena / 1,2 mm
  • Malta / 76,3 mm
  • Mamanguape / 21,3 mm
  • Mamanguape/ASPLAN / 33,5 mm
  • Manaíra / 46,8 mm
  • Marcação / 26,8 mm
  • Mari / 0 mm
  • Marizópolis / 137,3 mm
  • Mato Grosso / 40,8 mm
  • Maturéia / 38,8 mm
  • Monte Horebe / 76,2 mm
  • Monteiro/EMBRAPA / 19 mm
  • Mãe D`Água / 194,6 mm
  • Nova Floresta / 46,4 mm
  • Nova Palmeira / 61,5 mm
  • Olho D`Água / 16,4 mm
  • Ouro Velho / 11 mm
  • Parari / 152,6 mm
  • Passagem / 72 mm
  • Patos/EMBRAPA / 92,4 mm
  • Paulista / 23 mm
  • Pedra Branca / 15,8 mm
  • Pedra Lavrada / 43,1 mm
  • Picuí / 14,5 mm
  • Pilar / 6,3 mm
  • Pilões / 19,5 mm
  • Pirpirituba / 3 mm
  • Pombal / 86,9 mm
  • Poço Dantas / 102,1 mm
  • Poço de José de Moura / 69,3 mm
  • Prata / 5,1 mm
  • Princesa Isabel / 95,7 mm
  • Puxinanã / 0 mm
  • Remígio / 2,6 mm
  • Riacho dos Cavalos / 52,5 mm
  • Riachão do Bacamarte / 3,9 mm
  • Rio Tinto / 22,8 mm
  • Salgado de São Félix / 0 mm
  • Santa Cruz / 31 mm
  • Santa Helena / 144,2 mm
  • Santa Inês / 70,7 mm
  • Santa Luzia / 103,2 mm
  • Santa Teresinha / 65,9 mm
  • Santana de Mangueira / 34,2 mm
  • Santana dos Garrotes / 22,8 mm
  • Santo André / 199,5 mm
  • Serra Branca / 99,3 mm
  • Serra Grande / 49 mm
  • Serraria / 4,2 mm
  • Sertãozinho / 34,7 mm
  • Soledade / 38,7 mm
  • Sousa/São Gonçalo / 86,5 mm
  • Sumé / 28,5 mm
  • São Bentinho / 84,6 mm
  • São Domingos / 50 mm
  • São Domingos do Cariri / 6,2 mm
  • São Francisco / 95 mm
  • São José de Caiana / 16,2 mm
  • São José de Espinharas / 94 mm
  • São José de Piranhas / 90 mm
  • São José do Sabugi / 48,8 mm
  • São José dos Cordeiros / 58,8 mm
  • São João do Cariri / 185,9 mm
  • São João do Rio do Peixe / 102,8 mm
  • São João do Tigre / 48 mm
  • São Mamede / 101,1 mm
  • São Sebastião de Lagoa de Roça / 2,1 mm
  • São Sebastião do Umbuzeiro / 22 mm
  • São Vicente do Seridó / 73,8 mm
  • São Vicente do Seridó/Seridó / 32 mm
  • Taperoá / 91,6 mm
  • Tavares / 82,4 mm
  • Teixeira / 125,8 mm
  • Tenório / 72,8 mm
  • Triunfo / 84,7 mm
  • Uiraúna / 70 mm
  • Vieirópolis / 63,3 mm
  • Vista Serrana / 102,6 mm
  • Várzea / 38 mm
  • Zabelê / 40,3 mm





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM