GENTE | PAI VÉI

Morre aos 67 anos comerciante Cleto Pinto
Cleto Pinto foi encontrado morto no apartamento em que morava no Centro.




Reprodução

Corpo está sendo velado na residência de sua irmã, Fátima Pinto, na Rua Senhor Nogueira. Enterro será às 8h30 dessa quinta-feira, no cemitério Jesus Maria e José, em Uiraúna.

Por volta das 8h da manhã dessa quarta-feira (8/jan) familiares encontraram num apartamento localizado no Centro de Uiraúna, o corpo de um comerciante muito conhecido na cidade.

Trata-se de José Cleto Pinto, de 67 anos (idade corrigida). Ele morava sozinho no apartamento. Já hoje cedo a família notou sua ausência pela cidade, como era de costume e foram até o local. No apartamento ele foi encontrado já sem vida. Um filho dele, o médico urologista Máximo Pinto foi até o local e constatou que o pai já estava sem vida.

Cleto Pinto negociou muito tempo como dono de padaria e banca de jogo do bicho. Atualmente tinha vários caminhões-pipa e vendia água. Era casado com a professora Maria Costa, com a qual tinha quatro filhos: Julieta, Máximo e os gêmeos Kássio e kaio.

Era conhecido também por Cleto de Maneco. Familiares contaram também que ele tinha diabetes e hipertensão arterial. Sofria também de problemas cardíacos e estava com um cateterismo marcado para o final desse mês.

O corpo encontra-se ainda no local aguardando o delegado para ser liberado.

Cleto era uma figura flocórica muito querida na cidade de Uiraúna. Todo ano brincava o carnavai com carros exóticos, fazendo barulho pelas ruas da cidade.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM