COVID-19 | VACINAÇÃO DA COVID

CoronaVac: 100 milhões de doses serão entregues ao governo federal até setembro
Montante destinado ao Programa Nacional de Imunização inclui as 54 milhões de unidades adicionais, cujo acordo de fornecimento deve ser formalizado com o Ministério da Saúde ainda neste semana.


Crédito: AFP/Adem Altan

O Instituto Butantan informou nesta quarta-feira (3/2) que entregou ao Ministério da Saúde o cronograma de entrega de mais 54 milhões de doses da CoronaVac, solicitação feita pela pasta para assinar o acordo de compra dessas vacinas. Segundo o diretor do Butantan, Dimas Covas, as unidades serão entregues entre abril e setembro. Com isso, as 100 milhões de doses adquiridas pelo governo federal estarão nas mãos do Ministério da Saúde até setembro.

As solicitações foram atendidas ontem (2/2). Foi ofertado ao Ministério (da Saúde) um cronograma da entrega de vacinas, desses 54 milhões, que deve começar em abril e se estender até setembro deste ano”, disse Dimas Covas ao Correio.

Outra demanda feita pelo governo federal foi o registro da vacina junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). No ofício em que confirmou a intenção de compra, a pasta pede antecipação do processo até o fim de fevereiro.

Sem cravar uma data, Covas voltou a destacar que o pedido será feito simultaneamente com a China. "A Sinovac está na fase final de submissão do registro na agência chinesa. Quando isso acontecer, imediatamente a mesma documentação vai entrar aqui na nossa Anvisa. Será simultâneo. Isso deve acontecer muito brevemente".

Por enquanto, a distribuição das doses pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) segue as regras da autorização de uso emergencial das vacinas, com restrição do grupo que recebe as aplicações e assinatura de um termo de consentimento. Das 46 milhões de doses previstas para serem entregues até abril, o Butantan já liberou 8,7 milhões.

O contrato entre o Ministério da Saúde e o Instituto Butantan que prevê a compra de mais 54 milhões de doses da vacina CoronaVac está em vias de finalização e, de acordo com o governo federal, "a previsão é que a assinatura seja até o fim desta semana".

 
InsumosCom a chegada de mais 5,4 mil litros de litros do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), nesta quarta-feira (3/2), uma nova remessa de vacinas começará a ser entregue em 23 de fevereiro. Incluindo mais 5,6 mil litros de IFA previstos para entrega em 10 de fevereiro, a estimativa é de que o Butantan tenha capacidade de liberar 600 mil doses por dia.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM