ELEIÇÕES 2020

Pesquisa Consult: Tyrone tem 70% e Leonardo, 20%




TSE/Divulgação

O atual prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (Cidadania) tem ampla vantagem na corrida à sucessão municipal, com 70,8% das intenções de voto. É o que mostra o resultado da pesquisa ParlamentoPB/Consult (estimulada) realizada nos dias 8 e 9 deste mês ouvindo 500 eleitores em 14 localidades do município.

O segundo colocado, o ex-deputado Leonardo Gadelha (PSC) aparece com 20,6%. Valdeci Filho (PRTB) ficou com 0,4%. Marcelo Elias (DC) e Pepeu (PSL) não pontuaram.

 
Os eleitores que disseram não votar em nenhum dos candidatos correspondem a 5%. E os que não quiseram ou não souberam opinar foram 3,2%.

Gestão

A pesquisa Consult também quis saber a respeito da aprovação da gestão municipal e obteve os seguintes números. Do universo pesquisado, 82,8 aprovam a administração do prefeito Fábio Tyrone enquanto 14,2% desaprovam. Outros 3% disseram não ter opinião formada.

Rejeição

Quando o quesito questionado é rejeição, Leonardo Gadelha é o mais citado, com 43%. Fábio Tyrone vem em segundo com 15,6%. Pepeu tem 11%, Marcelo Elias, 10,8% e Valdeci Filho, 1,6%. Os eleitores que rejeitam todos os candidatos são 5,2%. Aqueles que não souberam dizer são 23,4%.

 
A pesquisa Consult está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número PB 09510/2020.

DADOS DA PESQUISA NO TSE:

Pesquisa Eleitoral
PB-09510/2020
SOUSA - PB


Número de identificação: PB-09510/2020 Data de registro: 05/11/2020
Cargo(s): Prefeito, Vereador Data de divulgação: 11/11/2020
Empresa contratada/ Nome Fantasia: CNPJ: 04843093000177 - CONSULTORIA E PESQUISA TECNICA LTDA / CONSULT PESQUISA Eleição: Eleições Municipais 2020
Entrevistados: 500 Data de início da pesquisa: 08/11/2020
Data de término da pesquisa: 09/11/2020 Estatístico responsável: Paulo de Tarso Teixeira Ferreira
Registro do estatístico no CONRE: Conre 7861 5ª região Valor: R$ 6.000,00
Contratante é a própria empresa? Não
Contratante(s): CPF/CNPJ: 10603988000137 - PARLAMENTOPB COMUNICACAO EIRELI / PARLAMENTOPB Origem do Recurso: (Recursos próprios)
Pagante(s) do trabalho:

Metodologia de pesquisa: A Metodologia empregada para a pesquisa segue a Técnica de Observação Direta, referente ao Método Quantitativo através da realização de survey de opinião, utilizando-se como instrumento de investigação Formulário Semiestruturado, para entrevistas individualizadas, domiciliares e/ou locais preestabelecidos. O Universo da pesquisa é o conjunto da população eleitora do município de Sousa PB, com idades de 16 anos ou mais.
Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:

Plano Amostral: Quanto ao Plano Amostral, foi utilizada uma Amostra Probabilística, Casual Simples de 500 entrevistas, com a finalidade de cobertura geográfica no município de Sousa PB, realizadas no Setor Censitário URBANO (79%) e Setor Censitário RURAL (21%), representados por 14 bairros, localidades/conglomerados, com partilha proporcional (Método estatístico PPT = Partilha Proporcional ao Tamanho) sobre o potencial eleitoral de cada uma das regiões Censitárias (IBGE). A relação completa dos bairros/localidades será encaminhada ao TSE, conforme a Resolução 23.600/2019 do TSE, no art. 2º Parágrafo X. A Amostra é estratificada por regiões do município, onde são escolhidos os bairros que farão parte da amostra. Na sequência segue a escolha da localidade, bairro/conglomerado, rua, domicílio/local pré-estabelecido e ponto amostral. A Partilha, através de cotas, com relação as variáveis sexo e idades seguem informações do TRE, sendo 47% do eleitorado do sexo masculino, e 53% do sexo feminino, e sobre as idades, sendo 14% dos eleitores até 24 anos, 19% de 25 a 34 anos, 22% de 35 a 44 anos, 25% de 45 a 59 anos, e 20% com mais de 59 anos. Quanto a Grau de Instrução, a estimativa também segue sobre informações do TRE, atingindo eleitores Analfabetos/Lê e Escreve (24%), Com Nível de Ensino Fundamental (30%), Com Nível de Ensino Médio (32%), e Com Nível de Ensino Superior (14%). A Ponderação para o Grau de Instrução ocorre sobre a coleta em campo com fator 1 (resultado obtido em campo). Com relação ao Nível Econômico dos entrevistados, são Estimados por dados do IBGE (Critério Brasil), através dos valores do PNADC/2017, indicados a representarem aproximações dos valores que podem ser obtidos em amostras de Pesquisas de Opinião. A Ponderação para o Nível Econômico dos entrevistados, ocorre sobre a coleta em campo, sendo atingidos e identificados pela cobertura geográfica ampla da amostra, e pela Técnica de coleta de dados que é de Sorteios Múltiplos Aleatórios, (bairro/conglomerado, rua, domicílio/local pré-estabelecido, ponto amostral), sobre as regiões e bairros definidos para a amostra. Margem de Erro: O Erro Amostral máximo é de 4.3%, levando-se em consideração o tamanho da amostra, no uso do cálculo amostral pela proporção [estimador = p e (1-p)], usando variância máxima. Sobre as variáveis dos quesitos de interesse da pesquisa, esse erro deverá ser no máximo 4.3%, o que significa dizer que o percentual observado para as perguntas que representam o objetivo principal da pesquisa, pode variar para mais ou para menos em 4.3%, ou seja, um INTERVALO DE CONFIANÇA com esse percentual, tendo essa afirmação uma CONFIABILIDADE DE 95%.

Sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo:
O sistema de controle interno ocorre a partir do início da etapa de campo, onde os entrevistadores, exclusivos do próprio Instituto, são treinados para cada pesquisa a ser realizada, são fiscalizados permanentemente por coordenadores de campo, e são realizadas abordagens pós-entrevistas (in loco), e visitas ou abordagem retorno sobre 15% da amostra. Internamente, são feitas críticas em todos os questionários, e são codificados. Em uma última etapa é verificado a consistência dos dados.

Dados relativos aos municípios e bairros abrangidos pela pesquisa. Na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada a pesquisa(conforme §7º. do art. 2º. da Resolução-TSE nº. 23.600/2019, A partir do dia em que a pesquisa puder ser divulgada e até o dia seguinte, o registro deverá ser complementado, sob pena de ser a pesquisa considerada não registrada; na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada):

LOCALIDADES: 1)SETOR CENSITÁRIO URBANA: 01) MUTIRÃO/JARDIM BRASÍLIA 02) JARDIM SORRILÂNDIA I/JARDIM SORRILÂNDIA II, III 03) JARDIM SANTANA/FREI DAMIÃO 04) CENTRO 05) ESTAÇÃO/ALTO DO CAPANEMA 06) ZÚ SILVA /DR. ZEZÉ/ BANCÁRIOS 07) ALTO DO CRUZEIRO /VÁRZEA DA CRUZ/ ANDRÉ GADELHA 08) AREIAS/ANGELIM/GATO PRETO/GUANABARA + 09) SÃO JOSÉ 2)SETOR CENSITÁRIO RURAL: 10) SÃO GONÇALO 11) NÚCLEOS 1, 2 e 3 12) CAIÇARA DOS BATISTAS/VÁRZEA DA JUREMA/SAGUIM 13) PITOMBEIRA E LAMARÃO 14) LAGOA DOS ESTRELAS





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ELEIÇÕES 2020  |   14/11/2020 06h39

Sousa - PB
 




ELEIÇÕES 2020  |   10/11/2020 10h26

Sousa - PB
 

ELEIÇÕES 2020  |   28/10/2020 15h37

Sousa - PB