GENTE

Radialista Paulo Feitosa morre aos 45 anos no HRC




Reprodução

Faleceu na manhã deste sábado (7), no Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), o radialista Paulo Feitosa, vítima de um possível infarto. O comunicador de 45 anos estava internado deste a tarde da sexta-feira (6) após sentir dores e desconforto no tórax.

De acordo com o empresário Erivan Morais, proprietários das rádios Mais FM, de Cajazeiras e Uiraúna, onde o profissional de imprensa atuava,  exame de ultrason havia comprovado que Paulo Feitosa estava com coração crescido e com secreção no pulmão. Durante a noite seu quadro de saúde se agravou e não resistiu vindo a óbito na manhã de hoje.

 
Erivan Morais lamentou a repentina partida do comunicador.

“É muito triste. Antes de ser um  companheiro de trabalho e funcionário, eu tinha ele como um ídolo pela qualidade do profissional que era e atuação nas grandes rádios de Cajazeiras”, disse Erivan Morais afirmando que,com Paulo Feitosa, suas emissoras conseguiram atingir primeiro lugar na audiência.

Na cadeia das emissoras Mais Fm de Cajazeiras e Uiraúna, Paulo Feitosa comandava dois programas jornalísticos. O ‘Mais Debate’, do meio dia às 14h e o ‘Frente a Frente’, da 19h às 20h30.

Do sertão, ele também inrradiava as principais informações da região para o Estado como correspondente do programa Hora H, apresentado por Heron Cid e Wallison Bezerra, na Rede Mais de Rádios.

Entristecidos, os jornalistas falaram de sua relação profissional e de amizade com Paulo Feitosa.

“Eu cresci ouvindo Paulo Feitosa e sua voz marcante. Ainda jovem tive o prazer de conhecê-lo em atividade no rádio e eu apenas começando. A admiração só cresceu ao longo do tempo. Sempre nutri carinho e admiração, porque além de um profissional dedicado e talentoso ele fazia um rádio vibrante, com paixão. A partida dele hoje no Dia do Radialista é o seu encontro definitivo com o destino e com a profissão que tanto amou. A morte dele dói em mim, mas ficarei com a lembrança boa da sua paixão pelo rádio que inspirou a tantos, inclusive a mim”, disse Heron Cid.

“Paulo era um grande parceiro. Sempre atento a trazer para todo estado as notícias da região de Cajazeiras. Prestativo, fez diversas participações no Hora H. Aos familiares, amigos e ouvintes, nossos mais sinceros sentimentos. Perdemos não só um companheiro de jornalismo, mas um amigo. Que Deus lhe receba de braços abertos”, acrescentou  Wallison Bezerra.


O horário de velório e sepultamento ainda não foram definidos.

 
NOTA DE PESAR

A ACI Associação Cajazeirense de Imprensa), vem através desta, lamentar profundamente o falecimento do companheiro radialista Paulo Feitoza ocorrido na manhã deste sábado (07), no HRC vítima de infarto.
Deixamos expressado nossos sentimentos de solidariedade, tristeza e luto, extensivo a todos os amigos, companheiros de trabalho e familiares, nesse momento tão difícil.

Paulo Feitoza era um profissional de qualidade, que já militou na maioria das emissoras de rádio de Cajazeiras, sempre com sua voz pujante, atuando nos principais programas jornalísticos e deixando sua marca e história. Atualmente, era âncora dos programas “Mais Debate” da Estação Mais FM 97.7 e 100.1 e “Frente a Frente”.
Seu falecimento pegou a todos de surpresa, pois, aos 45 anos tinha um futuro promissor na profissão que amava. Coincidentemente, sua partida aconteceu exatamente no dia 07 de novembro, dia do radialista, e isso, ficará marcado na nossa memória.


Seu corpo estar sendo velado na Central de Velório Memorial Esperança ao lado do Hospital Regional. O sepultamento ocorrerá por volta das 09h00 da manhã deste domingo (08).




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



GENTE  |  14/11/2020 - 18h

Cajazeiras - PB
 




GENTE  |  10/11/2020 - 18h

Cajazeiras - PB
 

GENTE  |  26/10/2020 - 06h

Cajazeiras - PB