MAIS NOTÍCIAS

Jovens sobem em cruz da igreja e postam as fotos com palavrões, em SC
Segundo o delegado, poderão responder pelo artigo 208 do Código Penal, que trata de vilipendiar publicamente um ato ou objeto de culto religioso.




Reprodução

As fotos que chocaram São Bento do Sul, no Planalto Norte de Santa Catarina, na manhã de terça-feira (20) poderão fazer com que três pessoas respondam criminalmente pela situação mostrada nas imagens.

O trio registrou o momento em que subiram na cruz da igreja matriz da cidade, e um deles postou as fotos nas redes sociais com palavrões na legenda.

 
O caso chegou à Polícia Civil por meio da imprensa local mas, no mesmo dia, o pároco da igreja registrou boletim de ocorrência. Agora, segundo o delegado Lucas Mendonça, a polícia trabalha na identificação das três pessoas que aparecem nas imagens para acioná-las para depor.

“Ainda não temos confirmação sobre as identidades deles, nem mesmo se são todos maiores de idade. Quando isso for feito, eles poderão responder pelo artigo 208 do Código Penal, que trata de vilipendiar publicamente um ato ou objeto de culto religioso”, explicou o delegado.

O crime pode levar a um mês a um ano de detenção ou multa. A postagem foi deletada ainda na manhã de terça-feira, depois das reações negativas de outros internautas. A cruz não chegou a ser vandalizada.

 
A Igreja, construída entre 1955 e 1958, fica no Centro de São Bento do Sul e é um dos cartões postais da cidade.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MAIS NOTÍCIAS  |  24/11/2020 - 08h





MAIS NOTÍCIAS  |  19/11/2020 - 06h


MAIS NOTÍCIAS  |  19/11/2020 - 06h