POLÍTICA

Governador pleiteia em Brasília obras hídricas pra o Sertão
A adutora Extremo Oeste vai levar água da barragem de São Gonçalo até a cidade de São João do Rio do Peixe.




Divulgação/Assessoria

O governador João Azevêdo se reuniu, nesta terça-feira (13), em Brasília, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ocasião em que pleiteou investimentos em recursos hídricos para o Sertão da Paraíba. O chefe do Executivo estadual também confirmou agenda com o ministro ainda esta semana no Estado, oportunidade em que serão autorizadas as obras de construção de 856 apartamentos no conjunto habitacional São Judas Tadeu I e II, em Patos.

 
De acordo com o gestor, os investimentos em recursos hídricos reivindicados pelo Estado são destinados à barragem Espinho Branco e à adutora Extremo Oeste. “São dois projetos importantes para a Paraíba, um que já tem convênio assinado e o outro que está para assinar. A adutora Extremo Oeste, por exemplo, vai levar água da barragem de São Gonçalo até a cidade de São João do Rio do Peixe”, explicou.

Já a autorização para a construção do conjunto habitacional São Judas Tadeu irá viabilizar um investimento superior a R$ 65,4 milhões na área de habitação. “Essa foi uma reunião extremamente produtiva e tivemos a oportunidade de avançar, principalmente, nos pleitos que a Paraíba tem junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional. Nós confirmamos a ida do ministro esta semana à Paraíba para autorizar o início das obras de 856 apartamentos em Patos e pretendemos que esses convênios também sejam formalizados nessa visita”, comentou o governador.

O chefe de Gabinete do Governador, Ronaldo Guerra, e o secretário executivo da Representação Institucional, Adauto Fernandes, também acompanharam a reunião.

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |  30/10/2020 - 09h





POLÍTICA  |  29/10/2020 - 04h







google.com, pub-3622982186074943, DIRECT, f08c47fec0942fa0