GENTE | EM SOUSA

Laudo preliminar aponta que aposentada morreu de infarto
O laudo conclusivo deve ser divulgado pelo NUMOL do IML de Patos dentro do prazo de 15 dias.




Reprodução

Informações preliminares do exame cadavérico apontam que a aposentada Margarida Bezerra de Andrade, de 64 anos de idade, teria falecido vítima de infarto fulminante, e não mediante violência, como se suspeitava. O laudo conclusivo deve ser divulgado pelo NUMOL do IML de Patos dentro do prazo de 15 dias.

O corpo da mulher foi encontrado no interior de sua residência por volta das 18 horas desta terça-feira (08) na Avenida Nelson Meira, número 47, Bairro da Estação em Sousa, Sertão da Paraíba.

Segundo o delegado Francisco Abrantes, haviam alguns ferimentos no pescoço da mulher e alguns móveis da casa estavam aparentemente revirados.“De início não constatamos o desaparecimento de objetos de valor ou dinheiro pertencentes a aposentada”, revelou a autoridade policial.

 
Margarida Bezerra era solteira e morava sozinha.

O caso segue sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Sousa.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



GENTE  |  01/12/2020 - 17h

Sousa - PB
 




GENTE  |  04/11/2020 - 13h

Sousa - PB
 

GENTE  |  28/10/2020 - 08h

Sousa - PB