GENTE

População protesta e pede justiça para morte de Pâmela Bessa
Corpo da jovem foi sepultado na manhã dessa quarta-feira 9, no cemitério de PJM.




Divulgação

Na tarde dessa quarta-feira (9.set.2020) a população de Poço de José de Moura realizou uma manifestação em protesto ao bárbaro assassinato da jovem Pâmela Bessa, 27, morta na última segunda dia 7. Ela estava com cinco meses de gravidez e foi socorrida pelo SAMU com suspeita de ter sido espancada pelo próprio esposo. Pâmela faleceu durante o resgate quando era levada para um hospital em São João do Rio do Peixe.

Logo após a constatação do óbito de Pâmela, seu esposo e suspeito de tê-la agredido, Hélio Batista, ainda foi conduzido até a delegacia onde prestou depoimento e foi liberado.

O sepultamento da jovem ocorreu às 7h da manhã de ontem (9), no cemitério local de Poço de José de Moura.

Familiares, amigos e a população do município, ainda chocada e revoltada com a barbárie cometida contra a mulher indefesa e o seu filho que ainda estava em sua barriga, saíram às ruas e protestaram pedindo justiça para o caso.

A população poçomourense está revoltada e em choque com tamanha violência na pequena e pacata cidade sertaneja. Há pelas ruas um grito ecoante de indignação que foi expressado durante essa manifestação.

 
Quem tiver alguma informação que possa ajudar a elucidar o caso, entrar em contato:
197 (Polícia Civil) e 190 (Polícia Militar).
 

Pelas redes sociais a mâe de Pâmela, dona Graça falou sobre a morte da filha. Veja abaixo:


Confira o vídeo:




Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



GENTE  |  22/09/2020 - 05h

Poço de José de Moura - PB
 




GENTE  |  19/08/2020 - 04h

Poço de José de Moura - PB
 






google.com, pub-3622982186074943, DIRECT, f08c47fec0942fa0