GENTE | INTERNACIONAL

Cães protegem menino autista de três anos que se perdeu nos EUA
Marshal Butler não fala, e se afastou mais de meio quilômetro de casa vestindo apenas uma fralda. Ele foi encontrado tranquilo e sem ferimentos ao lado dos cães Buckwheat e Nala.




Policial fala com Marshal Butler após o menino ser localizado por uma vizinha, em Ponce de Leon, na Flórida — Foto: Reprodução/Facebook/Walton Count Sheriff

Um garotinho autista de três anos de idade, que se perdeu ao se afastar de sua casa em Ponce de Leon, na Flórida, foi reencontrado horas depois são e salvo, protegido pelos dois cães de sua família, Buckwheat e Nala.

O pequeno Marshal Butler sumiu em um rápido momento de distração de sua mãe, vestindo apenas uma fralda. Como ele não fala, a preocupação foi ainda maior, e vizinhos imediatamente iniciaram as buscas, antes mesmo de a polícia ser acionada.

Cerca de uma hora depois, policiais do Condado de Walton se uniram ao grupo que procurava por ele, mas foi uma vizinha, Carol Shelton, que localizou o menino. Segundo a emissora de TV WJHG, uma transmissora da NBC, ele estava tranquilo ao lado dos cães, a mais de meio quilômetro de casa.

A tia de Butler, Kayla, disse que ele estava apenas sujo, já que gosta de brincar de terra, mas sem nenhum ferimento, e não parecia assustado ou com medo quando os policiais chegaram para levá-lo de volta para casa.

 
Entre os que acompanharam as buscas, a opinião unânime é de que os animais cuidaram de Butler e foram essenciais para mantê-lo em segurança e tranquilo. “Eles fizeram seu trabalho”, disse a mãe da criança à WJHG.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM