GENTE | JOÃO PESSOA

Homem é achado morto dentro de carro estacionado em hospital, na PB
O homem chegou ao hospital por volta das 23h de quinta-feira (27), reclamando de fortes dores no peito e teria optado por esperar dentro do carro.




Homem estava dentro de carro próximo ao hospital Edson Ramalho (Foto: Walla Santos)

Um homem foi encontrado morto dentro de um carro próximo ao Hospital Edson Ramalho, em João Pessoa, na manhã desta sexta-feira (29). O caso está sendo investigado pelo delegado da Polícia Civil, Braz Marrone. 

De acordo com o delegado, o homem chegou ao hospital por volta das 23h de quinta-feira (27), reclamando de fortes dores no peito. Ele recebeu uma fita que indicava a ordem de atendimento e foi orientado a ficar aguardando na sala de espera.

Segundo a apuração do delegado, porém, o homem optou por retornar para o carro, que estava estacionado em um ponto de táxi próximo ao hospital.  

Nesta manhã, pessoas que passavam pelo veículo estranharam o homem que aparentemente estava dormindo no carro, mas não reagia. Um médico foi chamado e constatou que ele estava morto.

 
Nota do Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho acerca do corpo que foi encontrado em um carro na área externa da Instituição:       

Paciente do sexo masculino, 66 anos, deu entrada no hospital por volta das 23h do dia 28 de maio de 2020 na urgência comum do Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho (HPMGER), conforme informações do prontuário, com queixa de dor torácica.

O referido paciente foi atendido pelo médico plantonista, sendo prescrita medicação. Nesse intervalo, após sair do consultório médico, a equipe de enfermagem não mais encontrou o paciente nas dependências do hospital, tendo saído por vontade própria, burlando a segurança da Instituição.

Por volta das 07h da manhã desta sexta-feira (29) um taxista observou um veículo na praça localizada na área externa do HPMGER uma pessoa que aparentava estar dormindo dentro do carro. Após as averiguações, um médico do plantão foi acionado, constatando que o mesmo estava em óbito. 

As autoridades competentes foram acionadas e todo protocolo foi cumprido. 
Até o momento da divulgação desta nota, nenhum parente ou amigo havia sido localizado. 

A direção do HPMGER já determinou a abertura de procedimento para apuração do fato em toda sua extensão e lamenta o falecimento.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM