POLICIAIS

Namorado confessa que matou modelo a facadas enquanto ela dormia
O acusado disse que ficou aborrecido após ver mensagens no celular da jovem, enquanto ela foi ao banheiro, e numa crise de ciúme se aproveitou de quando a vítima dormia para desferir a primeira facada violenta.




Reprodução

Rafael Fernandes confessou ter matado a namorada Kimberly Karen a facadas após ter descoberto suposta traição no celular da namorada. A informação é do titular da Delegacia de Homicídios (DEHS), Paulo Martins, em coletiva de imprensa na sede da especializada, na noite deste sábado (16), após a chegada o suspeito à Manaus. A informação é do Manaus Alerta.

Rafael foi foi encontrado escondido em um barraco em área de mata, na cidade de Pacaraima, no Estado de Roraima, na fronteira com a Venezuela. De acordo com a polícia, o plano era empreender fuga para a Espanha, por meio da Venezuela.

 
Ele fugiu logo após o crime, e durante a viagem o carro dele, um Audi de cor branca foi encontrado capotado à beira da BR-319.

De acordo com Paulo Martins, Rafael contou como matou Kimberly, com riqueza de detalhes. O acusado disse que ficou aborrecido após ver mensagens no celular da jovem, enquanto ela foi ao banheiro, e numa crise de ciúme se aproveitou de quando a vítima dormia para desferir a primeira facada violenta.

Rafael disse que tentou tirar o corpo da modelo do local, mas não teve sucesso. O delegado também revelou que Rafael teve conhecimento do suicídio do pai e está se culpando por isso.


Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLICIAIS  |  29/05/2020 - 12h





POLICIAIS  |  28/05/2020 - 13h