GENTE | Hospital do Bem

Paciente com câncer raro celebra após ficar curada
Marineide de Sousa, da cidade de Pombal, foi diagnosticada com um carcinoma metaplásico de células fusiformes.




Reprodução

Esta quarta-feira (4) marca um momento especial na vida de Marineide de Sousa Lima, 39 anos, da cidade de Pombal, que foi diagnosticada com um tipo raríssimo de câncer de mama: um carcinoma metaplásico de células fusiformes, sendo este o 9° caso existente em todo o mundo.

Mas o marco da data para Marineide, que tocou o sino da cura do Hospital do Bem, não está apenas atrelado ao diagnóstico do câncer e sim à batalha vencida ao tratamento de sucesso e a volta por cima.

O tratamento da paciente foi feito no Hospital do Bem, em Patos, desde a cirurgia de mastectomia, realizada pelo mastologista Thiago Pereira. Logo após a identificação da doença, em junho, ela começou as sessões de quimioterápicas. “Eu nasci de novo e só tenho gratidão em meu coração a todos”, disse Marineide, após tocar o sino.

A médica que acompanhou Marineide fez questão de destacar que o caso dela tem uma importância para história em função da natureza rara do tumor. Tendo isso, inclusive, motivado as equipes do centros oncológicos de São Paulo para acompanhar a evolução da paciente.

“O carcinoma ductal infiltrante é um tipo mais frequente histologicamente falando em relação aos tumores da mama. Porém, o tumor de nossa paciente se trata de um carcinoma metaplásico de células fusiformes e por isso ele se tornou especial. Além de raro, é agressivo e muito provavelmente tem relação genética por conta do histórico familiar dela”, disse Nayarah.

O tratamento quimioterápico da paciente foi iniciado no dia 10 de junho e encerrado no dia 13 de novembro. O exame que identificou o tipo de câncer da paciente foi o imuno-histoquímico (uma biópsia). Esse é um método de análise dos tecidos via microscópio para identificar características moleculares das doenças.  Já o exame que identificou a cura foi o estadiamento tomográfico de corpo inteiro.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM