POLÍTICA | NA PB

Covid 19: Wilson Filho reforça necessidade de testagem em massa para acabar subnotificações
Estimativa da Secretaria de Saúde é de que a realidade do número de infectados por covid-19 seja o dobro de casos notificados atualmente, chegando a 610.




Divulgação

Durante audiência por videoconferência com o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, o deputado estadual Wilson Filho (PTB) destacou a importância da testagem em massa de pacientes com suspeita do novo coronavírus para acabar com o problema de subnotificações no Estado e permitir que, com a dimensão real do número de infectados, o poder público possa traçar o planejamento para o fim da quarentena de forma responsável nos próximos meses.

“Sabemos que o isolamento não pode durar eternamente, mas tem que durar até o momento que seja necessário. Mas, para fazermos a transição, a Secretaria tem que saber qual é o tamanho da doença na Paraíba. Para isso, precisa ter os testes”, considerou.

O secretário Executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrammi, afirmou que a estimativa da Secretaria de Saúde é de que a realidade do número de infectados por covid-19 seja o dobro de casos notificados atualmente, chegando a 610. Ele informou que com uma testagem em massa que será realizada pela pasta, o número deve ser atingido nos próximos dias.

“Temos uma letalidade de 13% no Estado, mas ela está desajustada porque temos uma perda do denominador de casos. Se fizermos um ajuste de letalidade para a nacional, de 6,4% e, considerando a calibragem que hoje temos, de aproximadamente 150 pessoas internadas por Síndrome Respiratória Aguda Grave, teríamos uma expectativa que o número real é de 610 casos, com margem de erro de 5% para mais ou 5% para menos. A testagem em massa vai confirmar a nossa expectativa”, explicou.

Aquisição de máscaras

Respondendo questionamento de Wilson Filho, sobre a aquisição de máscaras objetivando a próxima fase do distanciamento social – com o isolamento reduzido, o secretário Geraldo Medeiros adiantou que será feita uma aquisição de três milhões de máscaras, o que deverá resolver o problema da Paraíba com relação à proteção individual.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |  25/05/2020 - 18h





POLÍTICA  |  24/05/2020 - 06h