POLÍTICA

João Estrela rompe com Lindolfo Pires, em Sousa




Reprodução

O ex-prefeito da cidade de Sousa, João Estrela (PDT), confirmou o rompimento político com o deputado estadual Lindolfo Pires (Podemos). O motivo seria a mudança na direção do Hospital Regional de Sousa, divulgada no Diário Oficial do Estado do dia 22 de fevereiro. A informação foi divulgada por meio de entrevista ao Portal Diário do Sertão.

Para João Estrela, a exoneração da ex-diretora do HRS, Apoliana Ferreira, foi uma decisão individual do deputado Lindolfo sem nenhuma comunicação com o grupo político.

“Lindolfo não nos comunicou, ele apresentou sozinho essa mudança e ainda disse ao governador João Azevêdo que nós tínhamos concordado. A ex-gestora do hospital era aliada nossa e eleitora de Lindolfo, mas o processo de substituição foi enganoso para mim e ao prefeito Fábio Tyrone”, desabafou Estrela.

“TRAIÇÃO”

Durante entrevista, João Estrela revelou que era aliado de Lindolfo Pires desde 2004, mas diante do fato do afastamento da diretora do HRS, se sentiu traído e por isso não apoia mais Lindolfo Pires.

“Quando você é enganado, é traído também. Quando uma pessoa lhe transmite uma história que não corresponde à verdade, isso é uma traição, enganação, fraude. A consequência é o meu afastamento e dos meus aliados de apoio a futuras postulações de Lindolfo”, revelou o ex-prefeito.

MUDANÇA

Nomeada em 25 de fevereiro de 2015, a enfermeira Apoliana Ferreira de Araújo, deixou neste sábado (22), a direção do Hospital Regional de Sousa, Sertão da Paraíba. Foram exatos quatro anos, 11 meses e 27 dias a frente do principal estabelecimento público de saúde de Sousa.

Sobre a nomeação do médico, Gilberto Sarmento, que assumiu o hospital, Estrela disse que não tem nada contra ele. “É um aliado de primeira hora do grupo”. Porém reforçou que não houve “conversação sobre mudança”, e que a decisão foi “unilateral”.

ALIANÇA COM ANDRÉ GADELHA

Diante do rompimento, a reportagem perguntou se havia a possibilidade de João Estrela se aproximar do ex-prefeito André Gadelha, porém o politico sousense rechaçou essa possibilidade dizendo que é “homem de uma posição só”, mas que há momentos em que “temos que rever nossas posições, o que não é caso de aliança com o opositor.

“Eu não sou submisso a quem quer que seja, nem recomendo a ninguém que o seja”, finalizou o ex-prefeito.

ASSITA ABAIXO ENTREVISTA CM JOÃO ESTRELA


Confira o vídeo:






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM