POLICIAIS | CAMPINA GRANDE

Funcionária do Detran e despachantes são presos
Documentos custariam entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil.




Reprodução

Uma funcionária do Detran em Campina Grande, dois despachantes irregulares, sendo um do Rio Grande do Norte e outro da Paraíba e três usuários dos serviços do Detran foram presos no final da tarde dessa quinta-feira (5) e autuados em flagrante pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de Campina.

De acordo com informações do delegado Luciano Soares, após suspeitarem dos ocupantes de um táxi, originário do município de Maxaranguape/RN, uma equipe da PRF resolveu conduzir todos os ocupantes até a sede da DDF/CG para verificação das informações.

“Os policiais civis da DDF/CG, capitaneados pelo delegado Gerônimo, avançaram em investigação, descobrindo um esquema de corrupção para a aquisição irregular de CNHs pela unidade do DETRAN, em Campina Grande”, explicou.

O resultado foi a prisão de seis pessoas em flagrante, sendo três usuários interessados na aquisição das carteiras , um despachante irregular do Rio Grande do Norte, um despachante irregular da Paraíba e uma funcionária Detran , lotada em Campina Grande.

“Durante a investigação foi apurado que três homens vindos do município de Rio Grande do Norte foram trazidos a Campina Grande por um despachante não credenciado do Detran/RN, com o propósito de adquirirem irregularmente carteiras de habilitação, contando com a participação de um despachante paraibano, também não credenciado e a conivência de uma funcionária do Detran/PB, lotada em Campina Grande “, disse o delegado Gerônimo.

Todo o esquema foi descoberto pelos investigadores da Polícia Civil da Paraíba resultando na prisão dos envolvidos.

“Os presos deverão ser apresentados em audiência de custódia nesta sexta-feira e ficarão à disposição da Justiça”, concluiu.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






POLICIAIS  |  26/05/2020 - 12h