ESPORTES | CAMPEONATO PARAIBANO

Treze joga mal e perde para o CSP, no Almeidão




Reprodução

A sexta rodada do Campeonato Paraibano de 2020 foi encerrada na noite desta segunda-feira (02), no estádio Almeidão, onde CSP e Treze fizeram um jogo muito eletrizante. Quem levou a melhor foram os garotos do Tigre, que fizeram sua melhor partida no estadual e venceram por 2 a 0, enquanto o Galo foi bastante criticado pelo seu torcedor após mais uma atuação muito ruim.

O Tigre por muito pouco não abriu o placar aos 6 minutos, quando Fábio foi lançado na esquerda e foi em velocidade até a linha de fundo antes de tocar para o meio da pequena área, mas Nilson júnior cortou antes de Bahia chegar para empurrar para o gol.

E era pressão do CSP no início do jogo. Aos 10, Fábio novamente criou perigo pela esquerda e ninguém chegou para concluir. A bola atravessou toda grande área e sobrou para Vitor na direita. O lateral bateu cruzado e obrigou Jeferson a ir no seu canto esquerdo espalmar para escanteio.

Um momento curioso aconteceu aos 23 minutos, quando o árbitro marcou falta na intermediária e o goleiro Wallace foi cobrar, mas Jeferson defendeu a cobrança que foi no meio do gol e caiu para ganhar tempo. A torcida trezeana chiou e reclamou da demora de seu goleiro, uma vez que o arqueiro adversário estava fora da meta.

A primeira chance do Treze veio aos 34 minutos. Após bate-rebate, Patrick alçou a bola na área, a defesa do CSP cochilou e a bola sobrou para Breno Calixto e Rafael Oliveira. Um atrapalhou o outro na pequena área e o goleiro do Tigre deu um chutão para afastar o perigo.

No minuto seguinte, Mirandinha recebeu na direita e encontrou Rafael Oliveira na marca do pênalti. O camisa 9 dominou mal, e Wallace conseguiu fazer a defesa.

Segundo tempo

Logo no início do segundo tempo, gol do CSP. Após cobrança de escanteio, Vitor mandou na área, a defesa trezeana deu bobeira e a bola sobrou livre para Darlan, que tocou para trás, de onde veio Fábio para bater de primeira, de canhota, e abrir o marcador no Almeidão.

Celso Teixeira resolveu colocar o Treze para frente e buscar o empate, entrando Caxito na vaga de Dedé, depois de trocar Mirandinha por Júnior Fialho no intervalo. Com mais tempo com a bola, o Galo se expunha muito e o Tigre tentava buscar os contra-ataques em velocidade.

Apenas aos 14, Rafael Oliveira invadiu a área pressionado pela defesa e bateu prensado, sem perigo para a meta de Wallace.

Mas quem chegou ao gol novamente foi o CSP. Em jogada de contra-ataque, Ronald cruzou da direita, a defesa do Galo não conseguiu cortar e Bahia, da entrada da área, chutou no canto esquerdo de Jeferson, rasteiro, para ampliar o marcador.

A torcida do Treze presente no Almeidão estava na bronca com a direção e alguns chegaram a bater boca com dirigentes do clube que estavam nas cadeiras. Houve tentativa de invasão do setor e houve até tentativa de invasão, mas a Polícia Militar chegou para intervir.

Enquanto o clima era quente entre os alvinegros, os simpatizantes do CSP gritavam “olé” enquanto seu time trocava passes sem reação alguma dos jogadores alvinegros. Uma grande partida dos garotos pessoenses.

Com a vitória, o Tigre chega aos 7 pontos e fica na terceira colocação do Grupo B. No domingo (08), o CSP enfrenta o Atlético de Cajazeiras, no Perpetão. O Treze perde a chance de entrar no G2 e segue na terceira posição do Grupo A, com 10 pontos e um jogo a menos que o Botafogo-PB. O próximo compromisso alvinegro será contra o São Paulo Crystal, no Presidente Vargas, também no domingo (08).

Ficha técnica

CSP 2 x 0 Treze

Campeonato Paraibano 2020
02/03 – 6ª rodada
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Marcelo Aparecido; Paulo Ricardo Alves e Adailton Anacleto.

Gols: Fábio,Bahia (CSP)
Cartões amarelos: Natalício (CSP); Almir (T)

CSP: Wallace, Vitor, Denis (Alberte), Darlan, Arthur; Gustavo, Mandaca, Matheus (Ronald), Natalício; Fábio e Bahia. Técnico: Josivaldo Alves.

Treze: Jeferson, Gustavo, Breno Calixto, Nilson Júnior, Tales; Robson Luiz, Dedé (Caxito), Patrick (Frontini), Almir; Mirandinha (Júnior Fialho) e Rafael Oliveira. Técnico: Celso Teixeira.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |  30/04/2020 - 05h





ESPORTES  |  15/04/2020 - 14h