UIRAÚNA | OUÇA ENTREVISTA

Segundo fala sobre licença negada a Bosco Fernandes
Segundo declarou que somente assumirá o cargo através de uma determinação da justiça.




COFEMAC/Arquivo

Para o vice-prefeito Segundo Santiago a aprovação do projeto de decreto legislativo aprovado pela CMU durante sessão extraordinária deste domingo (1º.mar) é uma manobra da oposição para afastar o atual prefeito Bosco Fernandes e para prejudicar uma possível candidatura sua nas próximas eleições de outubro.

Segundo Santiago, que está em João Pessoa, prestou entrevista por telefone na rádio Mais FM durante a manhã dessa segunda-feira. Ele argumentou que não pode assumir o cargo de prefeito enquanto o seu titular, Bosco Fernandes estiver como gestor, já que a licença do cargo não lhe foi concedida pela Câmara. Para ele, Bosco continua sendo o prefeito municipal e a cidade não pode ter dois gestores ao mesmo tempo.

O vice-prefeito disse que está buscando orientação jurídica para tomar a melhor atitude. No entanto, enquanto essa disputa não acabar, a cidade de Uiraúna vai continuar sendo administrada pelo prefeito Bosco Fernandes, que encontra-se preso em João Pessoa, sem condições para governar.

OUÇA ABAIXO A ENTREVISTA DE SEGUNDO SANTIAGO

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



UIRAÚNA  |  10/09/2020 - 14h

Uiraúna - PB
 




UIRAÚNA  |  09/09/2020 - 05h

Uiraúna - PB