Comerciantes se reúnem com deputado e pedem ajuda para reabrir Banco do Brasil

Encontro aconteceu em Uiraúna nessa segunda-feira (3)

Por Fábio F Barbosa 04/06/2019 - 08:43 hs
Foto: Fabio Barbosa/COFEMAC

Comerciantes e representantes de entidades do comércio de Uiraúna estiveram reunidos na manhã dessa segunda-feira (3/6/2019) com o deputado estadual Wilson Filho. O encontro aconteceu em Uiraúna por ocasião da passagem do deputado por esta cidade.

Estiveram presentes ainda o deputado federal Wilson Santiago e o vice-prefeito, Segundo Santiago.

No encontro o tema principal discutido foi a luta para a reabertura da agência do Banco do Brasil local. A grande preocupação dos empresários e toda classe comercial da cidade é o fechamento dessa instituição que é responsável por boa parte da movimentação de consumidores no comércio local.

Uiraúna tem passado uma grave crise no setor comercial, industrial e de serviço devido ao fechamento dessa agência bancária. O prédio está reformado e pronto para funcionar, porém sem que haja investimentos no setor de segurança pública, não deve abrir suas portas. Isso é um ponto no qual até a maioria dos comerciantes concordam, alegando que abrir o banco nessa atual situação de insegurança, é correr o risco de que a agência seja atacada novamente, ficando inviável sua reabertura, como aconteceu em cidades como São João do Rio do Peixe.

Segundo o presidente da CDL - Câmara de Dirigentes Lojistas de Uiraúna, Mêro Anacleto, o deputado se comprometeu a buscar meios junto ao banco para tentar reabrir a agência. Wilson Filho sugeriu que os comerciantes elaborem um ofício detalhando a situação e solicitando do governo estadual a implementação de mais policiamento e viaturas para a cidade. A CDL se comprometeu a fazer o ofício e recolher assinaturas junto a outros órgãos para somar forças. O documento já está sendo feito e deverá ser encaminhado nos próximo dias.

Outras medidas de segurança já foram, ou estão sendo implementadas. Entre elas, está a criação do Conselho Municipal de Segurança, que já foi feito; e também a implantação de um sistema de segurança na zona urbana através de câmeras de monitoramento, que está em fase de licitação no órgão competente da Prefeitura Municipal.

Enquanto isso, na agência de Uiraúna os clientes contam apenas com atendimento interno burocrático e através de caixas eletrônicos sem saques ou depósitos de valores.

COFEMAC

(Fotos: agência está pronta, porém a falta de segurança na cidade impede o funcionamento)