Notícias

Banner noticia interna

Paraíba
PB tem queda de 59% na safra de feijão, diz IBGE
PDF | Imprimir | E-mail
Qui, 12 de Janeiro de 2017 00:00

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado nesta terça-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou uma queda de -59,6% na segunda safra de dezembro na Paraíba, comparado ao mesmo período de 2015. A reavalição negativa da Paraíba, juntamente com outros estados nordestinos, puxaram a baixa da safra nacional que registrou queda de 2,1%, encerrando 2016 com 2,6 milhões de toneladas. 

Feijao746238

VEJA MATÉRIA DO IBGE

A Paraíba aparece como o segundo estado nordestino com reavaliação negativa mais intensa, ficando atrás apenas do vizinho Pernambuco. De acordo com os dados do IBGE a baixa na safra de feijão no estado foi de -59,6%.

Além da Paraíba, as reavaliações negativas mais intensas foram em Pernambuco (-63,3%), Sergipe (-29,9%) e Maranhão (-10,9%), principalmente devido à falta de chuvas. Os números do Nordeste provocaram uma queda de -22,2% na contagem da segunda safra nacional de feijão, segundo o órgão. 

Estimativas para 2017

A estimativa do IBGE para a produção total de feijão em 2017 é de 3,3 milhões de toneladas com aumento de 26,9% em relação a 2015.  De acordo com o instituto, boa parte das informações das estimativas para as 2ª e 3ª safras é formada por projeções realizadas pelo cálculo de médias dos últimos cinco anos, eliminando-se os extremos.

O crescimento esperado resulta, segundo o IBGE, do acréscimo na área a ser colhida, estimada em 1.792.603 hectares, 23,9% maior que no período anterior, quando muitas lavouras da Região Nordeste foram afetadas pela seca.

O aumento das estimativas de área plantada e da área a ser colhida decorre também do bom preço do produto, que se manteve em um patamar elevado durante 2016. Também há previsão do aumento no rendimento médio (13,0%), que poderá alcançar 905 kg/ha.

As produções do feijão segunda e terceira safra devem alcançar 1.186.834 toneladas e 495.856 toneladas, respectivamente.

G1

DESTAQUE DO IBGE

FEIJÃO (em grão) – A produção nacional de feijão recuou 2,1% este mês, encerrando o ano com uma produção de 2,6 milhões de toneladas. Em dezembro, o feijão 2ª safra apresentou maior variação em relação a novembro (-4,8%), com queda acentuada no Nordeste (-22,2%), gravemente afetado pela seca. As reavaliações negativas mais intensas foram em Pernambuco (-63,3%), Paraíba (-59,6%), Sergipe (-29,9%) e Maranhão (-10,9%), principalmente devido à falta de chuvas.

Compartilhe:

Comentário

Compartilhe sua opinião sobre a publicação. Deixe sua mensagem abaixo:

Código de segurança
Atualizar

Sua opinião é importante! Este espaço visa dar a você, leitor, uma oportunidade para que você possa expressar sua opiniões de forma coesa e clara sobre o fato abordado nesta página.

É importante salientar, que as opiniões expostas neste espaço, não necessariamente condizem com a opinião do portal COFEMAC.

  • PMPJM 2
  • Corretor
  • Batatinha
  • Unaclin
  • Ricardo Morais
  • Betanio
  • Tata
  • Anderline
  • Cofemac
  • Expediente
  • Anuncie
  • Contato
  • 9999---